segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Como tudo começou. 13/10

Caro desconhecido que está lendo isso agora, antes que pense que a minha vida é uma merda (convenhamos que a maioria dela tenha sido), posso dar bons motivos por ter sido desta maneira, ou os piores que você está prestes à descobrir porém ela começou a tomar algum rumo.... Mas não sei qual .
VAMOS LÁ ! os erros de gramática é só pra entenderem que a vida também não é perfeita.
Bom antes de mais nada, não necessariamente precisa saber meu nome, mas o verdadeiro motivo pra eu ter vindo parar nesse fim de mundo (Deus obrigada por ter me deixado aqui), foi que minha mãe talvez não tenha tido a melhor infância da vida dela. Bom desconhecido pense comigo, imagine-se com 13 anos e obvio você seria uma mulher, de família pobre, que já trabalhava e saia com vários caras numa noite, sim essa era ela, imagina mais, 13 anos com um barrigão, mal e mal começou o ensino médio, e recém tirou a virgindade (ou não, mas continuo acreditando nisso), digamos que foi a par disso que eu nasci, e não eu não moro com a minha mãe. Após meu nascimento ela ainda foi pra várias outras cidades, com caras diferentes, que eram bem mais velhos que ela, e melhor dizendo nunca morei com ela a não ser esses nove meses os quais fiquei alojada no útero dela ! Quando eu nasci, bom após uma cesária a mulher necessita de descanso pôs parto, esses mimos que eu espero ter um dia, e nesse meio tempo, a criança (eu), ficaria com os atuais 'patrões ' da minha mãe,.. Pois bem, o tempo passou e digamos que eu ainda esteja morando com os tais 'patrões' e minha mãe mora em outra cidade, fora que tem mais 2 filhos em com outro homem, que aliás não está mais com ele, sim as coisas mudam constantemente, aceite.
Vamos passar um pouco mais a frente. Cresci como uma criança normal? Talvez não, nos primeiros anos era difícil pra uma outra família assumir uma criança que veio de família pobre, IMAGINA SE EU FOSSE NEGA, mas não é esse o caso (Imagina se e fosse, estaria mega feliz♥), o caso é , eles já tinham duas filhas, mas essa veio de onde? Não seria filha do patrão com outra mulher? Digamos que até uns 4/5 anos minha infância era de cafofo, você come dentro de casa, sem trazer ninguém aqui, vai pra escola de onibus você sabe onde pegar ele, tire boas notas, você é uma moça se comporte, se fizer amizades que sejam boas e de confiança ! Sim era isso, e ainda falam que sou individualista demais, poxa, eu vivi sozinha , brincando sozinha tendo tudo só pra mim, esperava que eu fosse como? Bom, quando cheguei até certa idade, na qual começaram a me assumir, e gente eu era muito lindinha, aí se foi o boi com as corda, tudo começou a ser diferente, fui para uma escola diferente fiz amizades as quais tenho até hoje, mas ainda não terminou por aí.
Agora, se eu tenho uma mãe, claro que tenho um pai, e bom, não conheço ele muito bem não, gostaria mas não da forma que conheci ele, e preferia que tivessem me contado tudo isso bem antes, a eu crescer com a ilusão de uma família perfeita sendo de sangue ou não, isso nem sempre é a realidade. Não querendo falar muito do meu pai mas já falando, quando ele soube da minha existencia do nada bate o pé, e quando menos imagina já está com outra mulher e fazendo a mesma burrada, que futuro eu vou ter? Me pergunto como posso ser tão forte as vezes. Seguindo, com o passar dos anos ele quis me conhecer, entrar na minha vida, antes doa 15 a minha mãe e meu tio o prometiam de morte ao chegar perto de mim, e quem diria que eu iria encontrar ele em uma festa de 15 anos, pior dia da minha vida.. POXA SENTA E CONVERSA COMIGO, OU FINGE QUE NÃO ME CONHECE, mas não tenta me puxar pra dançar a força, cara eu sofri muito sem ter com quem brincar, sem um pai do meu lado, pra você chegar e fazer isso? Sem ressentimento, mas você vai cair, e eu não vou estar lá..
Quando eu entrei no ensino médio(ah sei la se chama assim sexto ao nono ano mas vai), uma que não estudava com as minhas amigas, e sim eu era a única em sala diferente, e não não queria mudar, eu AMO ser diferente, e cara não me importo em conhecer gente nova, e muito menos em estudar em salas diferentes, tanto que a nossa amizade continuou a mesma, e nos outros anos estudamos juntas e foi a mesma coisa do que não estudar... Mas falando disso novamente junto ao colégio, já veio os namoricos, sim imagina a criança com 12 anos já namorava, claro não aquele namoro, mas era fofo, por incrivel que pareça meu primeiro namoro durou quase 4 anos, pois é , mas junto a isso o fim era triste ! Ficar sozinha nunca havia doido tanto, como nas vezes, que eu era usada como objeto, SIM, eu fui praticamente ABUSADA, e sim eu fui não tenho medo de dizer isso, como eu disse minha vida não é tão colorida assim. Imagina uma menina adolescente, completamente cheia de ilusões amorosas, afim de encontrar o par ideal com 13 anos e casar com ele, mano com essa idade eu mal sabia o que era gostar de alguma coisa, ou alguém, mas segue, sofri muito nessa idade, ao ponto de querer cometer suícidio, sim, as vezes as pessoas difamam as outras por passarem por situações dificeis, mas ninguem se oferece a ajudar, e foi isso que aconteceu comigo, pra vocês ter noção, em 2012-2013 quase ninguem sabia o que era uma lamina e o que ela era capaz de fazer nas pernas, nos pulsos, pescoço, sim cometi esse erro, ao ponto de meus amigos virem na minha casa e me mandarem parar, isso demorou meses, mas passou, e doeu muito não façam isso jamais. Procurei ajuda e então, eu cresci.
Não terminou ainda, odiando ainda mais meu pai, (se é que posso chamar assim), eu joguei minha infância e minhas brincadeiras fora, ao descobrir que eu tinha uma irmã, que era um ano mais nova que eu! Poxa, como assim, olha tudo que ambas perderam,passamos pelas mesmas coisas, menos ela que apesar dos pesares mora com a mãe( não que faça muita diferença eu vejo a minha quase todo dia, mas não moro com ela ), e quando ela me chamou pra nos conhecer eu não acreditava, mas cá estamos!
Posso dizer que a minha vida iria começar a mudar quando eu fiz 15 anos, encontrei o príncipe, nossa o cara que parecia ser perfeito, que iria cuidar de mim, e não iria me abandonar quando eu precisasse, porém ele tinha um objetivo, e eu?Bom eu não resolvi nem minha vida ainda, quem dirá meus cursos futuros, e após alguns meses de namoro, os quais foram bons, mas eu não me sentia uma princesa. Bom eu me sentia como posso dizer, ahh sim, o tal objeto, o tal vem cá me dar prazer , bocuda né, a vida cobra isso as vezes, mas o que posso dizer é verdade. Gente quem passa meses namorando e não apresenta a família? Ou ao menos diz aos amigos, GENTE ESSA É MINHA NAMORADA! Bom eu não era apresentada assim, digamos que eu fosse o encosto de likes e faminha, mas como você caro desconhecido provavel que va passar por isso, dentro do seu relacionamento dificil você mesmo perceber as falhas abrir os olhos e acordar, a maioria das vezes as pessoas fora enxergam antes de você, é importante que de ouvidos ao que os outros tem pra te dizer, experiencia propria (bom mas nem tudo, tem quem ajude, e tem quem estrague, saiba em quem confiar). E gente, o encanto já tinha se ido, e quando a gente decidiu se deixar, acredita que ele queria sexo naquela noite? Puta merda hein. Nem pensar. E acabou, se eu chorei, foi apenas aquele dia. Meu ano continuo o mesmo, e em menos de uma semana eu já tava ficando com outro, siiim, iria esperar o que de um que não saia comigo e me deixava a Deus dará, eu fui curtir, beber, e beijar na boca, e quando ele retornou ainda quis cantar de galo, que eu era a menina dele, coitado, ele é legal gente é eu que sou ruim, apenas não era pra mim, simples.
Passou os dias, os meses, e eu conheci um cara muito bacana, que sim também tava nem aí, e caso seja a sua duvida, nao é medo de ficar sozinha é que gosto de ter um alguém meu, que eu possa mimar, e cuidar e claro que seja reciproco, claro que não tinha achado, mas pra mim estava ocupando um espaço bom era também pra jogar na cara de uma menina que eu não gostava mas beijava bem, sim nos só se beijamos de vez em quando até que em uma festa, ele ficou com umas duas na minha frente e eu ainda queria ficar com ele acredita? TROUXA. Mas foi bom, por que graças a ele, um amigo dele me chamou pra né, dar aquele famoso chaqualhão de acorda menina ele não te quer, e desconhecido, esse cara é o cara, eu não queria ele no começo credo, mas não quero falar muito dele , o que prometi que os textos sobre ele vão ser os melhores, mas posso dizer que esse cara aí, que é meu namorado, e que me atura a 10 meses, preencheu todo o vazio que eu tinha em mim. Boa parte dessa menina que sonha, já havia amadurecido muito, mas depois desse cara ter entrado na minha vida, eu de 15%, estou em 87.9% mais cabeça pra tudo, claro não agradeço só a minha mudança, pois estamos crescendo juntos. Mas o que posso dizer é que depois de tudo que eu passei, e que pensei que seria uma conquista minha a mudança da minha vida, não foi, Deus me mandou um anjinho, o qual eu posso aliviar, chorar, rir até doer muito a barriga, ter aventuras pra lá de divertidas, conquistas e segredos. Ele me deu meu namorado, sim eu mudei com o tempo, e mudo bem mais a cada dia que passa, minhas amigas me ajudam muito, porém aprendem muito comigo também, e a você desconhecido, guarde essa história a 7 chaves, são poucos que sabem todos esses detalhes. Obrigada por fazer parte da minha mudança, espero que também esteja aprendendo com isso.
O que quero realmente dizer, é, lute, por tudo que deseja, e aceite a ajuda de todos, você não é um fracasso e não está no mundo a toa, você é único sua família te ama, seja lá ela quem for, eu demorei pra entender isso, ahh antes que se esqueça, você nunca vai achar alguém que tenha tempo exclusivamente pra você. As pessoas crescem e amadurecem, espere seu tempo, faça suas vontades, na hora certa, tudo vai acabar bem, confie nas minhas palavras, por que elas podem mudar uma história!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tradutor ♥